Vinte e uma peças do artista nunca vistas serão expostas na Embaixada da Itália

Em homenagem aos 500 anos da morte do artista italiano Leonardo da Vinci desembarca em Brasília a exposição Leonardo da Vinci vive. A mostra é composta por 21 protótipos do inventor, sendo seis inéditos, que estarão expostos até 1º de novembro na Embaixada da Itália.

Os modelos inéditos apresentados são: o Carro Cortador, a Balestra, a Ponte Giratória, o Inclinômetro, o Bate-estaca e a Serra Hidráulica, todos construídos em tamanho natural. Além destes e mais 15 protótipos, a exposição ainda conta com painéis dos quadros Mona Lisa e A Santa Ceia.

A mostra será aberta ao público geral e terá a entrada franca. Escolas que quiserem agendar um horário para a visitação de turmas para fins didáticos podem procurar a organização pelo e-mail: eventos.brasilia@esteri.it.

As comemorações dos 500º ano do cientista italiano não param por aí, a Embaixada da Itália ainda organizará conferências e exibições de filmes sobre Leonardo da Vinci.
Leonardo da Vinci é o autor de obras artísticas e científicas que ultrapassaram períodos históricos e o estabeleceram como um dos principais nomes do Renascimento e um dos grandes inventores da época.
Serviço
Exposição Leonardo da Vinci Vive
Embaixada da Itália (St.de Embaixadas Sul, Q.807, Lt. 30). Até 1º de novembro. Visitação segundas, quartas e sextas, das 10h às 13h. Entrada franca. Classificação indicativa livre.